Justiça manda retirar propagandas eleitorais

Três dias após o início oficial da propaganda política de rua, a batalha judicial começou na Bahia. As campanhas dos candidatos Paulo Souto (DEM), governador, e Geddel Vieira Lima (PMDB), senador, terão que readequar peças publicitárias.

Liminar concedida pelo juiz relator Salomão Viana a três representações ajuizadas pela coligação “Pra Bahia Mudar Mais”, do candidato Rui Costa (PT) ao governo do estado, apontou que pinturas feitas em muros de Salvador, com propaganda dos dois candidatos da oposição, contrariam a Legislação Eleitoral. O DEM e PMDB tem 24 horas para adequar o material.

Fonte: A Tarde