Mauricio diz que multa foi de apenas R$ 50

mauricio_bacelar_ft-gilbertoJr-bocaonews_290812 (17)Uma nota veiculada na imprensa nessa quarta-feira (9) pela assessoria do ex-prefeito e candidato a deputado federal, Luiz Caetano (PT), intitulada “Justiça condena Maurício de Tude por má fé a Caetano” causou espanto ao presidente do PTN na Bahia, Maurício Bacelar.

Em contato telefônico com a reportagem do Nossa Metrópole, Bacelar argumentou que Caetano está fazendo tempestade em copo dágua com objetivo de tirar proveito político-eleitoral de um fato irrisório.

-Publicidade-
-Publicidade-

“A decisão do juiz imputou ao PTN uma multa de apenas R$ 50 (cinquenta reais), além do mais, já recorremos da decisão” , disse Bacelar. Segundo ele, as multas recebidas recentemente pelo ex-prefeito Caetano em diversas condenações nos tribunais são de maior relevância.

Maurício Bacelar informou que o PTN acionou a Justiça em 2013, depois que a Prefeitura gastou mais de R$160 mil numa festa para servidores, onde foi amplamente divulgada uma suposta candidatura de Luiz Caetano (PT).

“Luiz Caetano (PT) tem dezenas de condenações nos tribunais, obrigando-o a devolver milhões de reais desviados dos cofres da Prefeitura de Camaçari e, recentemente, teve os seus direitos políticos cassados por cinco anos,” lembrou.

Jailton Britto