Crianças e Adolescentes terão política de proteção

Até dezembro, Camaçari deve ter um Diagnóstico Municipal para a Formulação e Planejamento da Política de Proteção Integral das Crianças e Adolescentes. Este será o resultado de um trabalho intersetorial que contempla o Município e mais 53 cidades brasileiras. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (18/07), durante apresentação do projeto no Teatro Alberto Martins.

O diagnóstico tem sido elaborado pelo Conselho da Criança e do Adolescente de Camaçari em parceria com diversas secretarias municipais. “O objetivo é compreender quais os pontos de vulnerabilidade das crianças e dos adolescentes, quais as violações que sofrem e o que pode ser feito para garantir os direitos dessa parte da população”, explicou a conselheira Edna Matos, que também é diretora da Escola Comunitária Parque Florestal, uma das instituições observadas no diagnóstico.

A elaboração do diagnóstico é fruto de edital do projeto Amigo de Valor, do Banco Santander. “A finalidade é fortalecer os conselhos das crianças nos municípios com incentivos financeiros ao diagnóstico e execução das ações”, explicou a coordenadora do projeto Gleice Maysa Silva.

O presidente do Conselho Municipal da Criança, Antonio Costa, lembrou que os benefícios virão “a longo prazo, como melhor formação, segurança e cidadãos melhores preparados”. O órgão conta com apoio da Sedes (Secretaria do Desenvolvimento Social), da Sedel (Secretaria do Esporte Lazer), a Seduc (Secretaria da Educação) e do Conselho do Idoso.

Fonte: Ascom /PMC