Após morte e protestos, delegada é exonerada

Ela será substituída por Adilson Bezerra de Freitas, que deixa a delegacia de Castro Alves

A delegada Glória Isabel Santos Ramos foi exonerada do cargo de titular da Delegacia de Amargosa (230 km de Salvador), de acordo com decreto publicado no Diário Oficial do Estado deste sábado, 19. Ela será substituída por Adilson Bezerra de Freitas, que deixa a delegacia de Castro Alves. A exoneração acontece após a morte da menina Maria Vitória, de 1 ano e meio, na última quarta, 16, que gerou uma série de protestos na cidade. A criança morreu durante uma perseguição policial e o agente da Polícia Civil, Carlos Raimundo de Jesus Cardoso, foi acusado de ter efetuado o disparo que atingiu a cabeça da garota.

Familiares de Maria Vitória acusam a delegada de ser conivente com Carlos Raimundo e com o policial militar Marco Aurélio, que também participou da ação. O delegado Moisés Damasceno, diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), nega que a exoneração seja uma punição por considerar que Glória Isabel teve algum tipo de participação no crime.

“É preventiva, porque o clima tenso na cidade pode gerar outras situações. (A exoneração é) para segurança dela e para a dar continuidade ao trabalho da Polícia Civil no município”, explica.

Fonte – A Tarde