Rodoviários de Salvador param atividade por falta de banheiro

Os rodoviários das empresas de ônibus Rio Vermelho e Ondina cruzaram os braços na manhã desta sexta-feira (8) no final de linha da Praia do Flamengo. Segundo Fábio Primo, vice-diretor do Sindicato dos Rodoviários, o protesto é contra a retirada do banheiro químico do local.

“Temos homens e mulheres que trabalham nestas linhas. Tiraram o banheiro químico daqui e não explicaram e nem nos informaram nada. O trabalhador merece o mínimo de dignidade”, conta Fábio Primo. Segundo ele, o banheiro foi removido há dias e até agora não foi reposto.

Por conta da paralisação, quatro linhas do bairro (Lapa, Campo Grande, Estação Mussurunga e Jardim de Alah) estão paradas. Segundo o sindicato, o protesto é pacifico e os coletivos estão estacionados no final de linha da Praia do Flamengo desde às 6h30.

Um fiscal da Superintendência de Trânsito e Transportes (Transalvador) está no local, mas, de acordo com Fábio Primo, os motoristas e cobradores só voltarão a trabalhar após uma negociação da prefeitura ou reposição do banheiro.

Ao iBahia, a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) informou que houve um “pequeno problema” nos banheiros e por isso eles foram retirados. A causa do problema ainda é desconhecida, mas a autarquia informou que já acionou a empresa responsável pelos equipamentos e os banheiros serão recolocados ainda nesta sexta-feira (8), em horário não informado.

Fonte: Correio 24 Horas.