Família agradece solidariedade de brasileiros em mensagem

A família do candidato à Presidência Eduardo Campos ainda não quis conversar com a imprensa sobre a tragédia que tirou a vida do político, na última quarta-feira (13), mas enviou um comunicado através do prefeito de Recife Geraldo Julio.

 
Muito emocionado, ele visitou os parentes do companheiro político nesta quinta e transmitiu o recado dado pela esposa e filhos de Eduardo. “Ele já fez tanta coisa, já ensinou tanto a tanta gente a cuidar do seu povo, a se dedicar inteiramente ao interesse coletivo. A família está muito abalada, esse é o momento de a gente cuidar muito, estar muito com a família. Trago inclusive uma mensagem da família, eles agradecem toda a solidariedade que tem sido demonstrada por todo o povo brasileiro, pelos pernambucanos. A gente pede que as pessoas possam se unir nesse momento por Eduardo, é uma coisa muito importante nesse momento, a fé de todos, o pensamento por ele e pela família. Essa é uma mensagem que a gente traz da família para todos os brasileiros”, disse.

Com voz embargada, o prefeito falou ainda sobre a dor de perder um amigo. “A dor é muito grande. Eduardo não é só um líder político, é o maior líder político que já conheci. Ele é uma figura humana maravilhosa. Eduardo, grande pai, marido, irmão, amigo, uma pessoa realmente iluminada, muito diferenciada. Uma tragédia muito impactante, e com apenas 49 anos”, relembrou ele, que esteve com a família até as 2h da madrugada do dia anterior à morte.

Geraldo pediu ainda que o tema agora não seja política, mas o ser humano que perdeu a vida. “Não tenho dúvida de que fica um vazio, mas nesse momento o nosso pensamento está voltado para a família, para as pessoas mais próximas, o sentimento que a população está tendo de dor nesse momento. Esse é momento em que temos que viver essa dor, esse sofrimento. Todos nós estamos apoiando uns nos outros. Eu ganhei um irmão e agora o perdi”.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quem também esteve na residência onde Campos morava, localizada no bairro Dois Irmãos, foi o presidente do PSB pernambucano, Sileno Guedes, que se mostrou sentido com a perda.

Ele contou que a família Campos vive um momento “muito duro”. Segundo ele, a viúva, Renata Campos, a mãe, a ministra do TCU Ana Arraes, e os filhos do candidatos estão inconsoláveis. “Nós, amigos, admiradores, liderados, estamos sofrendo muito com essa perda, de um amigo, de um líder, de um mestre, de uma pessoa que era muito viva, que tinha uma disposição muito grande de fazer as coisas, que se alegrava em realizar e executar, principalmente para aqueles que mais necessitavam. Ele tinha um prazer enorme de ver uma obra pública funcionando bem para as pessoas que mais precisavam”, contou.

Fonte: Correio 24 Horas.

comfiaço