Soldado da PM faz colegas reféns em batalhão de Camaçari

Um policial militar do 12º batalhão da PM, em Camaçari (BA), teve um surto psicótico e manteve refém um major da corporação e um colega, também aluno. A Central de Polícia ainda não deu detalhes da situação. Ninguém ficou ferido.

 
De acordo policiais militares de outras guarnições, que foram chamados ao local, o policial que manteve os colegas reféns e ainda não teve a identidade divulgada, estava em posse de uma pistola calibre 40, realizando a ação.

De acordo com a assessoria de comunicação da PM, o soldado já havia sido afastado preventivamente do serviço operacional por causa de problemas psiquiátricos. Ele também seria afastado do serviço administrativo.

O Gabinete de Gerenciamento de Crises do Batalhão de Choque foi enviada para Camaçari para negociar a liberação do aspirante, e a situação foi resolvida por volta das 13h45. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), Serviço de Valorização Profissional (SEVAP-PMBA) com dois psicólogos e o advogado do policial também foram acionados.

Fonte: Varela Notícias