Pedido para adiamento de horário eleitoral é negado pelo TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou na noite de quinta-feira (14), o pedido apresentado pelo Partido Verde (PV), de adiar por três dias o início do horário eleitoral gratuito na rádio e na TV, previstos para começar na próxima terça-feira (19).

A sigla solicitou o adiamento devido a morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB) e da equipe de campanha em um acidente aéreo em Santos (SP) na quarta-feira (13).

A justificativa do PV era “permitir que a coligação que tinha Eduardo Campos à frente possa ter um pouco mais de tempo e tranquilidade para se organizar e adaptar seus programas de divulgação política, previstos em lei”.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli afirmou que indeferiu o pedido por que a data é estabelecida pela legislação eleitoral, “não sendo possível sua alteração para atender a pedido isolado, formulado por uma única agremiação partidária”.

Fonte: Varela Notícias