Corpo de corretora esfaqueada pelo genro é enterrado em Camaçari

O corpo de Paloma Ferreira Gomes, de 34 anos, foi sepultado, na tarde desta quarta-feira (20), em Camaçari. Parentes e amigos prestaram o último adeus a corretora no Cemitério Jardim da Eternidade, na Gleba H.

Foto Reprodução Facebook
Foto Reprodução Facebook
Foto: Everaldo Lins
Foto: Everaldo Lins

Paloma morreu no início da tarde desta terça-feira (19), no Hospital Geral de Camaçari (HGC), onde estava internada deste o dia 31 de julho, quando foi esfaqueada 17 vezes pelo genro de prenome Pablo, após um desentendimento com o mesmo. A vítima foi golpeada no pescoço, barriga, coxa e peito.

O suspeito prestou depoimento na 18ª Delegacia Territorial de Camaçari no mesmo dia em que ocorreu a morte da corretora. O depoimento foi prestado pela manhã, por isso, “Pablo”, na ocasião, respondeu por tentativa de homicídio, já que a morte de Paloma só havia sido confirmada pela tarde.

Ainda não há informações sobre algum mandato de prisão emitido contra o acusado.

Redação Nossa Metrópole