Capturado bando com conexões em Salvador e RMS

Uma operação deflagrada no fim de semana pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), para o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, resultou na desarticulação de uma quadrilha de traficantes com ramificações nas localidades de Vila Praiana, Itinga, Caji, Vida Nova, no município de Lauro de Freitas, Vila Matos (Ondina) e Marotinho (São Caetano), ambos em Salvador.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Doze mandados de prisão foram cumpridos, entre eles, o do líder do tráfico em Portão, Djavan dos Santos Conceição, o “Malhado,”  27 anos. Ele e outros sete comparsas foram apresentados à imprensa, na tarde desta segunda-feira (25), no auditório do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba, pelos delegados André Viana, diretor do Denarc, e Jamal Rossef, do DHPP.

Além de Djavan, foram presos Armando Santos de Jesus (Armandinho), Emerson Cosme Anjos dos Santos (Miminho), Edson Santos Cruz (Gana), Rogério Pereira Sampaio (Patolino), Ericson Anjos dos Santos, Ivanilton dos Santos Caminha (Galego), Florisvaldo Silva da Hora (Junior), Leonardo Costa Nonato (Léo Grande), Luana da Paixão dos Santos, Tatiane Silva de Oliveira Souza (Tati) e Luciene dos Nascimento Xavier.

“Armandinho”, “Léo Grande”, “Miminho” e “Junior” já estavam custodiados no Complexo Penitenciário da Mata Escura e tiveram os mandados de prisão cumpridos lá. Djavan, “Gana”, “Galego” e Luana participavam de uma festa em Vilas do Atlântico, no momento da prisão. Ericson foi preso em casa, em Lauro de Freitas. Já Luciene e Tatiana, tentavam embarcar para a Ilha de Itaparica, no Terminal de São Joaquim.

“Gana” é irmão de Djavan e seu braço direito na quadrilha. “Patolino” era o responsável pela distribuição de drogas e armamento e gerenciamento dos pontos de tráfico em Portão. Função que cabia a “Galego”, em Salvador. “Junior” trabalhava como taxista e era o responsável pelo transporte da quadrilha, além de drogas e armamentos, entre Salvador e Lauro de Freitas.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela Vara de Execuções Penais de Lauro de Freitas, foram cumpridos por cerca de 100 policiais do Denarc, DHPP e COE/Polícia Civil. Todos os presos responderão por tráfico e associação para o tráfico. Foram apreendidas, ainda, pequenas porções de crack, cocaína e maconha, além de munições para calibres 38, ponto 40 e 45. O bando será encaminhado ao sistema prisional.

Chacinas

Djavan é apontado como mentor de duas chacinas nas localidades de Pé Preto, em Lauro, em 2011, e Buraco da Jia, em Brotas, no ano passado. Suspeito de envolvimento em assaltos e arrombamentos de caixas eletrônicos, o criminoso controla o tráfico de drogas nas regiões da Chapada do Rio Vermelho, Alto de Ondina, Vasco do Gama e em Portão. No final de 2012, ele liderou uma fuga de presos no Complexo dos Barris, sendo preso pelo DHPP, poucos meses depois.

Fonte: Ascom / PC