Poeta de Camaçari lança livro durante Show Cultural Beneficente

O escritor e poeta Quiel Guarânea lança, no próximo dia 5 de setembro, o livro “Minha História no Tempo e O Pingo no i”. O lançamento da obra acontece durante o Show Cultural Beneficente, que será realizado no Teatro Municipal Alberto Martins, em Camaçari, em prol do Asilo São Francisco de Assis. O evento, uma realização da BR Cursos, começa às 19 h e contará com a apresentação do DJ Wego.

O livro está dividido em duas partes, “Minha história no tempo” e “O pingo no i”. A primeira conta com dezenas de poesias escritas por Quiel. Nos textos, o poeta aborda temas como sociedade, romantismo, sexo, meio-ambiente, política, religião. Na segunda parte, O Pingo no i, Quiel faz uma comparação entre o cristianismo e o “papirromanismo”, palavra inventada pelo próprio poeta. Aliás, uma das dezenas de vocábulos concebidos por Quiel – no livro, são cerca de 130, todas inseridas em seus textos. A menor palavra possui sete letras e a maior, exatamente, 64. Difícil mesmo é decorá-las ou lê-las sem errar. “São expressões inéditas, todas surgidas durante a minha inspiração”, diz o escritor.

O escritor e poeta Quiel Guarânea. Foto: Fernanda Melo
O escritor e poeta Quiel Guarânea. Foto: Fernanda Melo

Apesar de já ter participado de outros quatro livros, este será o seu primeiro trabalho individual. Por isso, tanto apego e dedicação à obra. Apesar da ideia do livro já ter sido pensada no ano 2000, Quiel somente começou a produzi-lo em 2005. A concretização desse sonho acontecerá no dia do lançamento da obra.

Sobre o escritor:
Ezequiel Marinho da Conceição é um poeta escritor de 57 anos, pai de três filhos, morador de Camaçari há cerca de 40 anos.

Começou a ter inclinação à literatura ainda menino, quando escrevia pequenas poesias. Gostava muito também de escrever cartas para colegas de escola.  Na adolescência, começou a compor letras para melodias.

Em Camaçari, realizou recitais poeticênicos (termo criado por ele) e várias apresentações em casamentos, aniversários, principalmente para debutantes e outros encontros.  Apresentou-se também no encerramento da terceira Semana de Letras na Faculdade UNIME/Salvador, em 2006.    Em São Paulo, no período janeiro 2007/agosto 2008, realizou vários recitais poeticênicos, no Centro Cultural do Itaim Paulista e no Clube social da Vila Nova Curuçá, em encontro de jovens e igrejas.

Tem participação em coletâneas, sendo a mais importante “Antologia Delicatta II”, com participação de poetas de todas as regiões do Brasil.

Fernanda Melo / Redação Nossa Metrópole