Contas de 2013 da Limpec são rejeitadas

As contas da empresa Limpeza Pública de Camaçari (Limpec), na gestão de Alfredo Ernesto de Andrade, relativas ao exercício de 2013, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, com aplicação de multa no valor de R$5 mil ao gestor e o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$21.252,08 pelos gastos com juros e multa decorrentes de atrasos nos pagamentos de despesa.

O relator, conselheiro Paolo Marconi, determinou ainda a realização de auditoria nos demonstrativos contábeis da empresa nos últimos cinco anos. Isto porque foram apresentados processos de pagamentos sem apresentação das notas fiscais e recibos no valor de R$ 900.621,32. E também em razão das inconsistências e contradições apresentadas nos dados registrados no balanço patrimonial do exercício de 2013.

As contas apresentaram diversas irregularidades, em especial, o registro a maior de R$1.000,000,00 como aporte de capital sem correspondente comprovação da origem e a inexistência de atualização do valor do Aterro Municipal, de propriedade da Limpec, registrado no balanço patrimonial por R$ 1.500.000,00, mas declarado e defendido pelo gestor pelo valor de R$ 50.000.000,00.
Cabe recurso da decisão.

Fonte: Bocão News