Campanha arrecada dinheiro para tratar cadela com câncer

Os protetores de animais de Salvador realizam uma campanha nas redes sociais para tentar salvar a cadela Dara, de seis anos. O animal, uma vira-lata, está internado com um câncer na cabeça e precisa passar por quimioterapia. O tratamento custa R$ 3.800, de acordo com Ana Andrade, diretora da Federação Baiana de Entidades Ambientalistas e Defensoras dos Animais (Febadan).

Dara está com um câncer na cabeça e precisa passar por quimioterapia.
Dara está com um câncer na cabeça e precisa passar por quimioterapia.

Desempregado, o dono de Dara, Everaldo de Souza, de 44 anos, não tem como arcar com o tratamento. “Não tenho como, se tivesse, ela não estaria desse jeito”, explica. Ele, que cuida de Dara desde filhote, disse que apareceu um caroço na cabeça da cadela há três meses, que não foi tratado, já que ele não tinha como pagar. “Eu faço bicos carregando mudanças, mas não é nada certo. Não tinha dinheiro, nem conhecia ninguém para cuidar. Quando descobri essa Ong (Célula Mãe), o quadro estava bem avançado”, contou.

A entidade de proteção animal custeou a internação de Dara até o momento, mas não tem como arcar com o resto do tratamento. Agora, a Ong tem até as 18 horas desta segunda-feira, 22, para retirar a cadela da clínica, de acordo com Ana Andrade.

O proprietário da Clínica Vida Animal, onde Dara está internada, Augusto Angelim, diz que os responsáveis pela cadela precisam decidir se ela será submetida a quimioterapia ou vão autorizar uma eutanásia. “Tem que definir o que vão fazer com o animal, o que não pode é não definir e o animal ficar sem tratamento”, explica.

Augusto Angelim concedeu 50% de desconto no valor da diária para internação da cadela. O restante é pago pela Ong. Mas a Clínica Vida Animal não possui uma equipe para realizar quimioterapia, serviço que seria terceirizado. “É preciso que eles acertem com esse profissional ( que faz quimioterapia)”.

Fonte: A Tarde