Governo entrega segunda base comunitária de Feira de Santana

A segunda maior cidade do estado, Feira de Santana, a 108 quilômetros de Salvador, inaugurou nesta segunda-feira (22) as instalações da base comunitária de segurança do bairro Rua Nova, que vai garantir mais segurança para cerca de 14 mil pessoas residentes na localidade. Para isso, a iniciativa, realizada por meio da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), empregou o efetivo de 60 policiais militares, que farão rondas e policiamento, além do reforço de três viaturas e câmeras de videomonitoramento para auxiliar na prevenção e combate a crimes. A perspectiva é que o trabalho da polícia na base avance para as áreas próximas e vizinhas ao bairro, para integrar o trabalho da 65ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

A cerimônia de inauguração da unidade – a 17ª do estado – teve a presença do governador Jaques Wagner, do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, do comandante geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro, e autoridades municipais. Wagner declarou estar orgulhoso do trabalho que a polícia tem realizado nas bases comunitárias pela Bahia. “Acredito que estamos no caminho certo nas nossas ações do Pacto Pela Vida em todo o estado, que está mudando o jeito de fazer segurança na Bahia”.

Como já acontece em todas as bases comunitárias, na capital e no interior do estado, o trabalho da Polícia Militar não vai se resumir à repressão aos crimes violentos, mas também melhorar a qualidade de vida na região, ao aproximar o dia a dia dos profissionais da segurança pública da comunidade e promover a integração e interação entre esses agentes sociais. A nova unidade de segurança de Feira de Santana também dispõe de Centro Digital de Cidadania (CDC), e conta com 11 computadores e um policial capacitado, que vai trabalhar junto com dois monitores, moradores da comunidade, com projetos de inclusão social. Os monitores selecionados serão bolsistas.

Fotos: Manu Dias (Ascom)
Fotos: Manu Dias (Ascom)

1411391233IMG_20140922_094347

Bons resultados

Em 2012, o bairro George Américo recebeu a primeira base comunitária de segurança do município de Feira de Santana. O local possuía o maior índice de homicídios no município, mas, depois de dois anos de atuação da base, foi registrada uma redução de 64% no número desse tipo de crime e um aumento de 150%  nas prisões por furtos e roubos. A Bahia possui agora dez bases comunitárias instaladas em Salvador e as outras em Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Porto Seguro, Camaçari e Lauro de Freitas. Em todas as localidades, as unidades têm atuado em conjunto com a população para a redução dos índices de crimes como homicídios e tráfico de drogas.

Fonte: Ascom / Governo da Bahia