Polícia divulga foto de homem que mandou matar comerciante em Camaçari

A divisão de homicídios da polícia de Camaçari divulgou, nesta quarta-feira (01), a foto do homem acusado de ter sido o mandante do assassinado do comerciante John Kennedy Carvalho Oliveira, de 49 anos.

O crime aconteceu na manhã da última terça-feira (30), em uma distribuidora de bebidas, estabelecimento de propriedade da vítima, localizado no bairro da Gleba C.

-Publicidade-
-Publicidade-

O suspeito, Antonio Hélio, mais conhecido como Tonho Cearense, acusado de encomendar o crime, está foragido. Já Davi Rocha dos Santos, o autor dos disparos que mataram o comerciante, foi preso pela polícia militar minutos após cometer o crime.

eae0325b783c937b5ae2d4eec57ab98a
Foto mais antiga de Antonio Hélio, vulgo Tonho Cearense.
photo.php
Foto recente de Tonho Cearense.

Na delegacia, Davi confessou que matou John a mando de Tonho Cearense.  O mandante desconfiava que a vítima estava tendo um caso com a ex-companheira dele. Os dois fizeram um acordo onde Davi mataria o comerciante para Tonho e posteriormente Tonho mataria um inimigo de Davi.

Davi Rocha dos Santos foi preso logo após o crime.
Davi Rocha dos Santos foi preso logo após o crime.

Em entrevista a uma rádio local, a titular da Delegacia de Homicídios do município, Dra. Maria Tereza, fez um apelo à comunidade camaçariense e pediu que os moradores ajudem a polícia a prender  Tonho Cearense. “Peço a população de Camaçari que não tenha medo e fale onde está essa pessoa que mandou matar outra por um motivo tão torpe. É necessário prender este homem para evitar outro crime”, enfatizou.

Qualquer informação que possa levar à prisão do acusado deve ser feita através dos telefones 3622-7874 ou 3622-7475. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

Redação Nossa Metrópole