Souza da Força Tarefa é executado neste sábado em Camaçari

O coordenador da Força Tarefa de Camaçari e ex-policial aposentado, José Carlos Santos Souza, de 55 anos, mais conhecido como Souza, foi assassinado na tarde deste sábado (04), dentro de um açougue, localizado no bairro da Gleba C, em Camaçari. Ele foi atingido por, pelo menos, três tiros na região do tórax.

10719426_734823663277073_2034534350_n
Foto: Leitor via whatsapp
Souza era casado, deixa
Souza era casado, pai de três filhos e tinha dois netos.

Segundo as primeiras informações, ele teria reagido a um assalto, mas a polícia não descarta a possibilidade de execução.

Há cerca de um mês, Souza foi vítima de uma intimidação. Uma pessoa havia se aproximado da residência onde ele mora, no bairro da Gleba E, e disparado vários tiros contra o seu portão. Antes dos disparos, testemunhas contaram que a pessoa gritava exigindo que o mesmo devolvesse o som que ele havia apreendido.

Souza era conhecido por atuar na equipe de Fiscalização Integrada e por atuar contra, por exemplo, a poluição sonora no município, apreendendo sons automotivos e de estabelecimentos que desrespeitavam o sossego dos moradores. Nos últimos dias, Souza combatia o jogo do bicho na feira de Camaçari.

Souza era casado, pai de três filhos e tinha dois netos.

Redação Nossa Metrópole

 

 

comfiaço