Prefeitura assume gestão da Creche Esperança

Nesta segunda-feira (13/10), a Prefeitura, por meio da Seduc (Secretaria de Educação) assumiu a gestão administrativa e pedagógica da Creche CIEI (Centro Integrado de Educação Infantil) Esperança, no bairro Verdes Horizontes. O ato foi oficializado durante a cerimônia de reativação do espaço, que passa por uma reestruturação física para atender a comunidade com excelência.

A cerimônia também marcou o retorno das aulas. Inicialmente, a Creche Esperança atenderá 120 alunos da Educação Infantil, na faixa etária de 2 a 5 anos, distribuídos nos turnos matutino e vespertino. Antes da municipalização a creche atendia 285 alunos, parte deles foi remanejada para outras instituições de ensino e 80 foram reintegrados.

-Publicidade-
-Publicidade-

seduc_reinauguracao_creche_esperanca_foto_nelinho_oliveira_13 10 20 14 (4) seduc_reinauguracao_creche_esperanca_foto_nelinho_oliveira_13 10 20 14 (25) seduc_reinauguracao_creche_esperanca_foto_nelinho_oliveira_13 10 20 14 (37) seduc_reinauguracao_creche_esperanca_maria_foto_nelinho_oliveira_13 10 20 14 (31)

No próximo ano, após a reforma, a proposta da Seduc é de implantar o ensino em tempo integral e ampliar o atendimento para 300 alunos, número equivalente à capacidade total do espaço.

De acordo com o secretário de Educação, Luiz Valter de Lima, no primeiro momento a Creche Esperança passou por uma reforma preliminar para regularizar as aulas. “Até o final do ano, será feita a requalificação total dos espaços para atender aos padrões educacionais estabelecidos pela Prefeitura”, informou.

No local, foram realizados serviços de pintura do prédio e aquisição de mobiliários e brinquedos. Além disso, está sendo feita a revisão das redes hidráulica e elétrica.

Na ocasião, os pais dos alunos prestigiaram a cerimônia de reativação e conheceram os novos espaços. Satisfeita, a dona de casa Maria Claudivan dos Santos, de 37 anos, mãe da aluna Ranielly Silva, de 4 anos, acredita que, com a gestão da Prefeitura, “a estrutura da instituição irá melhorar e oferecer um ensino de qualidade”, destacou.

O operador de empilhadeira Robson Silva, de 34 anos, pai dos alunos João Alisson e Apolo dos Santos, de 5 e 3 anos, respectivamente, também aprovou as mudanças. “Agora o espaço vai ficar mais adequado para receber as crianças, além de oferecer um acompanhamento profissional de qualidade”, observou.

A Creche Esperança possui 12 salas de aula, destas três estão em funcionamento com seis turmas, 15 banheiros, cozinha, quadra esportiva coberta. A previsão é de que até o final do mês seja implantado ainda um ateliê de arte em um espaço que passa por readequação.

A instituição também passa a ser contemplada com o Proinfância (Programa de Formação de Educadores da Infância).

Fonte: Ascom / PMC