Petrobras encerra nesta segunda inscrição para 8 mil vagas

A Petrobras encerra nesta segunda-feira, 20, as inscrições do processo seletivo simplificado para preencher 663 vagas imediatas e formar cadastro de reserva para 7.425 oportunidades, totalizando  8.088 vagas. Os salários variam de R$ 2.821,96 a R$ 8.081,98. As oportunidades são para os níveis médio e superior, para lotação em diferentes estados da país, incluindo a Bahia. As taxas de inscrição variam de R$ 40 a R$ 58.

O concurso é organizado pela Fundação Cesgranrio e o edital reserva 25% das vagas para os candidatos portadores de deficiências e cotas  para candidatos pardos ou afrodescendentes. Ao efetuar a inscrição, o candidato deverá definir o cargo, polo de trabalho e cidade onde pretende realizar as provas, com exceção das oportunidades que já vinculam uma cidade de prova específica.

Aplicadas a todos os cargos, as provas terão questões objetivas e apenas o cargo de técnico de perfuração e poços júnior também terá prova de capacidade física. Marcadas para o dia 7 de dezembro deste ano, as provas acontecerão em várias cidades. Os candidatos deverão observar os locais nos cartões de confirmação de inscrição individual, divulgados entre os dias 4 e 5 de dezembro. O  gabarito será revelado no dia 8 do mesmo mês. O resultado da prova objetiva será no dia 20 de janeiro de 2015.

Para Fernando Neto, 21, estudante de engenharia elétrica no Instituto Federal da Bahia (Ifba), trabalhar na Petrobras não é um sonho distante: “A maioria dos assuntos já domino, então só preciso revisar”, explicou Fernando, que vê no concurso da Petrobras uma excelente oportunidade. “Se eu passar, vou fazer faculdade de engenharia mecânica e no futuro prestar concurso para entrar como engenheiro da Petrobras”, diz Fernando.

A rotina de estudos para se preparar bem para o concurso pode exigir um mínimo de quatro horas diárias. Em alguns casos, fazer um cursinho preparatório  auxilia nos estudos. Há cursos voltados para cada edital.

A professora de curso preparatório Graça Souza, do Curso Ímpar, alerta para temas dos pilares da atualidade:  tecnologia (invasão da privacidade), questão humana (corrupção), violência (no trânsito, contra a mulher  e  idosos)  e meio ambiente. “Inclusive  o que a Copa deixou como legado positivo e negativo é uma possibilidade de cair na prova”, diz a professora.

Igor Araújo, 20, já realizou o sonho de trabalhar na Petrobras. Técnico de operação, aprovado no último concurso da Petrobras, está em fase de treinamento desde outubro. “Estou gostando muito, o pessoal aqui motiva o tempo todo. É muito bom trabalhar em uma empresa que  te proporciona estabilidade”, conta Igor.

Fonte: A Tarde