Mocidade nega suposta ‘lista de exigências’ de Claudia Leitte

A assessoria da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel divulgou uma nota a imprensa para desmentir os boatos de que Claudia Leitte teria feito uma lista de exigências para aceitar o cargo de Rainha de Bateria da agremiação. Entre os pedidos da cantora, estaria uma van blindada com vinte seguranças para acompanhá-la na concentração do desfile. De acordo com a escola de samba, tudo não passa de uma tentativa de denegrir a imagem da cantora.

“Mais uma vez lamentamos a tentativa de denegrir a imagem de nossa rainha de bateria e levantar insinuações sobre a relação da Mocidade com Claudia Leitte. Esclarecemos que, o aparato de segurança que ela utilizará no dia do desfile é exatamente o mesmo do adotado para outras rainhas de bateria de tamanha relevância para o público e a mídia. A suposta ‘lista de exigências’ nunca existiu. Reiteramos que as assessorias de imprensa da Mocidade Independente e da cantora Claudia Leitte não foram procuradas para desmentir ou confirmar a informação”, conclui a nota.

RTEmagicC_claudia_leitte_sorriso_txdam231985_d7c6ba.jpg

Recentemente, a Mocidade Independente de Padre Miguel também se manifestou sobre a notícia de que Claudia Leitte recebeu R$ 1 milhão para assumir o posto de rainha de bateria. Por meio da assessoria de imprensa, a escola de samba carioca negou a informação.

“A cantora Claudia Leitte não recebeu e nem receberá qualquer quantia para ser rainha de bateria da agremiação. A escolha se deu única e exclusivamente pela relevância da artista no cenário nacional e internacional. Premissa que faz parte da história da Mocidade”, diz o comunicado oficial.

Fonte: Ibahia