Governador Jaques Wagner assina decreto que marca o início da transição de governo

O governador Jaques Wagner assinou, na tarde desta quarta-feira (29), o decreto que marca o início da transição de Governo no Estado. Durante o ato, que aconteceu na sede da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, ele recebeu o governador eleito para o período de 2015 a 2018, Rui Costa, e os integrantes do Grupo de Trabalho de Transição Governamental. Em seguida, eles concederam entrevista coletiva sobre o processo de mudança de governo.

Foto: Carla Ornelas/GOVBA
Foto: Carla Ornelas/GOVBA

De acordo com Wagner, o próximo governador terá total autonomia na condução para tomar as decisões. “É o começo de um processo que, óbvio, vai se concluir antes do Natal. As decisões cabem a ele e à equipe dele”.

-Publicidade-
-Publicidade-

Na oportunidade, Rui Costa agradeceu ao governador pela formalização da equipe de transição. Ainda segundo ele, os servidores responsáveis pelo processo transitório têm perfil técnico. Uma das prioridades, conforme Rui, é a realização de um levantamento de dados e um balanço das ações do governo estadual em todas as áreas. “Queremos fazer uma interlocução com os orçamentos estadual e federal do ano que vem”.

A expectativa é que, até o final de novembro próximo, seja concluído o levantamento e, ainda este ano, o projeto de reestruturação administrativa do Poder Executivo Estadual seja encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia.

Servidores da Casa Civil, Procuradoria Geral do Estado (PGE) e das secretarias do Planejamento (Seplan) e da Fazenda (Sefaz) fazem parte da equipe de transição, sob a coordenação do titular da Sefaz, Manoel Vitório. “Será um desafio. O governador [eleito, Rui Costa] quer ter certeza de que o desenho do Estado estará de acordo com as pretensões e as expectativas. Economia é um viés importante. Mas o principal é otimizar, [proporcionar] mais eficiência [e] melhorar o serviço público”, explicou Vitório.

Fazem parte da equipe de transição o secretário da Casa Civil em exercício, Carlos Mello, a procuradora do Estado, Cláudia Maria de Souza Moura, o chefe de gabinete da Sefaz, Adriano Chagas, o chefe de gabinete da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), Rodrigo Pimentel, o superintendente de orçamento público da Seplan, Claudio Peixoto, o coordenador executivo da Casa Civil, Luiz Henrique D’utra, e a superintendente em exercício de atendimento ao cidadão da Saeb, Nelma Araújo.

O decreto que estabelece o grupo de trabalho será publicado, nesta quinta-feira (30), no Diário Oficial do Estado da Bahia.

Fonte: Ascom / Governo do Estado