Menor é apreendido acusado por participar de execução no Gravatá

Policiais da 18ª DT de Camaçari apreenderam um adolescente de 17 anos, de iniciais J.B.J., acusado de participar da execução de Geovane Pereira Bacelar, ocorrida no início da tarde desta quarta-feira (29). A apreensão aconteceu horas após a execução, no mesmo bairro onde ocorreu o crime, no Gravatá.

Geovane Pereira Bacelar foi executado na porta de casa. Foto: Everaldo Lins
Geovane Pereira Bacelar foi executado na porta de casa. Foto: Everaldo Lins

Geovane, conhecido como “Negro Bru”, foi executado com cinco tiros na porta de casa, por volta das 13h30. Segundo testemunhas, dois homens em uma motocicleta abordaram a vítima. O menor apreendido era o condutor do veículo e um segundo elemento teria efetuado os disparos. De acordo com a polícia, trata-se de um crime de mando. A polícia investiga ainda o valor que o menor recebeu para realizar a execução.

-Publicidade-
-Publicidade-
O menor foi apresentado nesta quinta-feira ao Ministério Público. Foto: Everaldo Lins
O menor foi apresentado nesta quinta-feira ao Ministério Público. Foto: Everaldo Lins

O adolescente foi apresentado na manhã desta quinta-feira (30), ao Ministério Público.

Redação Nossa Metrópole

https://www.youtube.com/watch?v=akkFjbU6tok