PM baleado durante assalto a ônibus morre em hospital

O soldado da Polícia Militar que foi baleado durante um assalto a ônibus, na noite da quarta-feira (10), morreu na madrugada desta quinta-feira (11).

Diogo dos Santos Freire, 29 anos, estava em um coletivo que foi assaltado por dois ladrões no Vale do Nazaré. Ele foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde deu entrada às 22h

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar, Diogo sofreu uma parada cardíaca por conta dos ferimentos provocadas pelo tiro que ele recebeu. Ele não resistiu e morreu por volta das 23h.

Diogo reagiu ao assalto e chegou a brigar com um dos bandidos, mas acabou sendo baleado pelas costas pelo segundo suspeito. Os dois ladrões conseguiram fugir e até o momento não foram localizados – eles escaparam em um carro no sentido Sete Portas.

A polícia acredita que o veículo foi roubado. Diogo era lotado na 49ª Companhia Independente de Policia Militar, e fazia parte da corporação há seis anos. O corpo dele será encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador, onde passará por uma perícia antes de ser liberado para os familiares.

O enterro do PM está previsto para acontecer na tarde desta quinta-feira (11), no Cemitério Jardim da Saudade. A assessoria de comunicação da Polícia Militar enviou uma nota de pesar, onde lamenta a morte do soldado Diogo. Leia na íntegra abaixo:

“Solidária a familiares e amigos, a Polícia Militar da Bahia declina pesar pelo falecimento do soldado Diogo dos Santos Freire, 29 anos, na noite desta quarta-feira (10), por volta das 23 horas, no Hospital Geral do Estado (HGE), após uma parada cardíaca em função de ferimentos provocados por disparos de arma de fogo.

O policial, que era lotado na 49ª CIPM e integrava a Corporação desde 2008, estava dentro de um coletivo Barroquinha/Sussuarana, no Vale de Nazaré, quando foi identificado e alvejado com tiros nas costas. Ele foi socorrido por uma guarnição da PM, mas não resistiu. O sepultamento deve ocorrer na tarde de hoje (quinta-feira 11), no Jardim da Saudade. Estamos aguardando confirmação da família”.

Fonte: Correio 24 Horas