Camaçari entre os cinco municípios que concentraram 41,9% de todo o PIB da Bahia em 2012

Segundo a pesquisa Produto Interno Bruto dos Municípios, divulgada nesta quinta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas cinco municípios – Salvador, Camaçari, Feira de Santana, Candeias e Simões Filho – concentravam 41,9% do PIB estadual na Bahia em 2012.

Na maioria dos estados das regiões Norte e Nordeste, a soma dos cinco maiores PIB municipais passa da metade de toda a riqueza dos estados. É o caso de Amapá (87,1%), Amazonas (85,7%) e Roraima (85,0%) que têm as maiores concentrações espaciais de renda no país.

-Publicidade-
-Publicidade-

Outro destaque entre os municípios baianos foi São Desidério, no Oeste do estado, que manteve a maior participação (0,6%) no valor adicionado bruto da agropecuária, responsável por 12,4% da produção de algodão herbáceo.

Em seguida, Sorriso (MT), com 0,5% de participação, é o maior produtor de soja e milho, e Rio Verde (GO), também com participação de 0,5% e destaque para a agropecuária integrada às agroindústrias do ramo alimentício, principalmente milho e sorgo.

Embora a geração de riqueza no país permaneça concentrada em poucos municípios, a participação relativa do conjunto das capitais no PIB diminuiu de 2011 para 2012. A fatia desses municípios caiu de 33,7% para 33,4% no período – menor patamar da série histórica da pesquisa, iniciada em 1999. Naquele ano, as capitais brasileiras respondiam por 38,7% de todo o PIB nacional.

No ranking de capitais com maior participação no PIB nacional, avançaram uma posição Goiânia (de 0,67% em 2011 para 0,69% em 2012) e Aracaju (que manteve-se com 0,22% nos dois anos). Em 2012, as capitais da região Nordeste foram responsáveis por 4,7% do PIB nacional. Em 2012, apenas seis capitais respondiam por 25% de todo o PIB brasileiro.

Fonte: Correio 24 Horas