Militar morre tentando apartar briga de casal

Um capitão da Polícia Militar foi morto a tiros ao tentar separar a briga de um casal em Teixeira de Freitas, no Sul da Bahia, neste domingo (21).

O crime aconteceu na parte externa de um bar da cidade, em uma localidade conhecida como Vila Caraípe. De acordo com a Delegacia de Polícia Civil, a vítima estava no bar acompanhado de amigos, quando viu um casal brigando no local por volta das 16h30.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

José Roberto dos Santos, subcomandante da 44ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Medeiras Neto, se aproximou do casal e tentou intervir.

O atirador, Jonilso foi localizado por uma guarnição da Caema, uma polícia militar especializada, e entrou em confronto com o grupo em um posto de combustível localizado às margens da BA-290, na saída de Teixeira de Freitas.

Durante o tiroteio, ele foi baleado e socorrido pela PM para um hospital do município, mas morreu após dar entrada na unidade. A arma do capitão José Roberto, que foi levada por Joilso durante a fuga, foi localizada na rodovia, quilômetros antes do local onde o acusado trocou tiros com a polícia.

Atirador foi morto
Atirador foi morto

Junto com o Joilso estava uma outra pistola. O corpo do capitão da PM está sendo velado nesta segunda-feira (22) em Teixeira de Freitas, onde ele morava com a esposa. O militar tinha 34 anos, e tinha filhos. O corpo dele será levado para Petrolina, em Pernambuco, onde será sepultado ainda hoje.

Fonte: Varela Notícias