Após prever morte de Campos, vidente alerta três famosos brasileiros

O vidente Jucelino Nóbrega da Luz, que se tornou conhecido no Brasil após registrar em carta a previsão da morte do presidenciável Eduardo Campos, que acabou concretizada em 13 de agosto de 2014, já alertou três grandes personalidades brasileiras sobre sérios riscos que elas correm nesse ano de 2015. Em entrevista ao Aratu Online, Jucelino disse que o apresentador Jô Soares deve estar ficar muito atento, pois sua saúde não está completamente restabelecida. Em 2014, Jô ficou internado por 20 dias para tratamento de uma infecção pulmonar, além disso, ele perdeu seu filho Rafael Soares.

Após-prever-morte-de-Campos-vidente-alerta-três-grandes-personalidades-brasileiras-e1420471707415-800x400

Além de Jô, Jucelino disse que outros dois grandes nomes precisam estar atentos à saúde. “Sílvio Santos deve se cuidar bastante esse ano. Apesar da preocupação com a saúde do ‘patrão’, o SBT vai continuar com o segundo lugar em audiência e se destacando. Já o Pelé deve se cuidar muito mais esse ano pra ter uma vida normal. A saúde dele ainda está delicada e ele corre risco. Todos eles – Jô, Sílvio e Pelé – devem ficar muito atentos. Os riscos são grandes e já enviei cartas registradas avisando sobre a situação de cada um”, informou o vidente.

Crime Político
No âmbito mundial, Jucelino disse que o presidente da Indonésia, Joko Widodo, sofrerá um atentado em meados de agosto. “Ele será atingido por um tiro. A autoria será de grupos contrários à sua forma de administração do país, assim como aconteceu com seu pai, que acabou morrendo. Quero reforçar que esta é uma possibilidade e que, inclusive, já enviamos uma carta registrada para que ele tenha a oportunidade de evitar que isso aconteça”.

Tragédias naturais
No Brasil, Jucelino alerta para grandes problemas que as chuvas podem trazer no ano de 2015. “Quem mora nas áreas serranas do Rio de Janeiro deve tomar muito cuidado, principalmente entre abril e junho. Haverá deslizamentos de terra devido às chuvas principalmente em Petrópolis, Friburgo e Teresópolis, além de outras áreas da região. Niterói também terá registros de desastres naturais e pessoas inocentes correm risco de morrer nessas tragédias. O Brasil, como um todo, será afetado pelo aumento da temperatura e por chuvas devastadoras”, alertou.

Jucelino ainda previu que, nesse mês de janeiro, a Austrália será atingida por fortes enchentes nunca antes vistas no país. “Serão grandes enchentes que ocasionarão a devastação de casas e da população. Como o fenômeno não é comum na região, irá pegar governo e população desprevenidos e será de grande intensidade”. Jucelino prevê, ainda, que um grande tornado, com ventos de 400 km/h, irá devastar os estados do Kansas e de Ohio, nos Estados Unidos, podendo atingir, ainda, Oklahoma e Iowa.

Também no campo dos desastres naturais, o vidente afirma que, devido à atuação do homem no meio ambiente, a população mundial pode ser vastamente reduzida nas próximas décadas. “Corremos o risco de, até 2043, ver uma diminuição muito grande da população mundial. Nós, inclusive, enviamos uma carta para a ONU com o alerta”, informou. Ele ainda garante que as temperaturas ficarão insuportáveis nos próximos anos, chegando a atingir 63º em algumas regiões.

Para finalizar a entrevista, o vidente desejou um feliz ano de 2015 a todos, com paz, saúde e felicidade. “Desejo também que todos passem a ter consciência do quão importante é a questão ambiental. Do jeito que estamos nos comportando as temperaturas vão ficar insustentáveis . O Brasil, por exemplo, precisaria plantar 180 milhões de árvores para tentar minimizar os danos, e as árvores são importantíssimas para o reequilíbrio do planeta. Eu sei que dificilmente o ser humano deixará de poluir, mas podemos tentar minimizar as consequências”, disse Jucelino.

O vidente tem visões de coisas que podem acontecer no futuro desde que era criança. Para tentar alertas as pessoas que possivelmente serão afetadas por suas visões, ele costuma escrever cartas relatando o que viu, registrá-las em cartório e enviá-las às pessoas envolvidas como forma de alerta. Algumas previsões se concretizaram, como no caso de Campos, já outras não chegaram a acontecer, como quando ele previu a colisão de um avião da TAM com um edifício na Avenida Paulista, em São Paulo. Na ocasião, a empresa chegou a realizar uma mudança no número do voo. A alteração, segundo o vidente, contribuiu para que a tragédia não acontecesse.

Fonte: Aratu On Line