Turistas começam a chegar para o Carnaval de Salvador

Cerca de 520 mil turistas devem desembarcar na rodoviária, no porto e no aeroporto para curtir o Carnaval de Salvador. Para receber os foliões, a Bahiatursa montou uma equipe de receptivo para dar boas vindas aos visitantes. Ao todo, 250 guias e monitores vão atender os turistas em nove línguas, do inglês ao japonês, e usarão fardamento especial para facilitar a identificação por parte de quem chega à cidade.

Eles vão atuar em Porto Seguro, Praia do Forte e Salvador. Na capital, eles estarão presentes nos três circuitos do Carnaval, além de hotéis e pontos turísticos e nos principais locais de desembarque. A expectativa do órgão é de que, no Porto de Salvador, 12 navios cheguem à capital baiana e mais de 25 mil turistas desembarquem na cidade entre o dia de ontem e 23 de fevereiro, último dia das ações.

“O receptivo que é aquele que já realizamos normalmente no porto, aeroporto, Pelourinho e rodoviária, onde temos os postos de atendimento ao turista. Durante esse período de maior fluxo turístico, a gente reforça essa ação com o incremento dos guias e monitores. Eles estão munidos com as principais informações que os turistas mais necessitam como os circuitos do Carnaval, horário de blocos, camarotes, além folders que mostram os principais destinos turísticos do estado como Praia do Forte, Morro de São Paulo e Chapada Diamantina”, disse o Diretor de serviços turísticos da Bahiatursa, Wesley Moreira.

ATRAÇÕES
Segundo Moreira, o aumento na quantidade de turistas no estado vem de características que só a Bahia tem. “Temos destinos que passeiam no inconsciente do povo brasileiro. As pessoas, quando olham pra cá, vêem cultura, diversidade artística, linguagens como dança e música, além da beleza do patrimônio arquitetônico. E, quando elas chegam aqui, ficam admiradas com tudo isso”, contou.

De acordo com a Bahiatursa, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os que tem o maior número de turistas na cidade. Para eles, alguns serviços estarão disponíveis como o site (bahia.com.br), o Disque Bahia Turismo (3103-3103), que vai funcionar 24 horas, ou nos postos onde acontecem os receptivos. Além disso, na segunda e terça-feira de Carnaval, o órgão preparou apresentações do Rixo Elétrico, com Fred Menendez, em um mini-trio, para que os turistas possam ter um aperitivo do Carnaval da Bahia logo ao desembarcar na capital baiana.

EXPECTATIVA
O primeiro dos 12 navios desembarcou na tarde de ontem na capital. O Sovereign trouxe quase três mil pessoas que saíram do Rio de Janeiro. Na chegada, eles tiraram fotos com baianas que distribuíam as tradicionais fitinhas do Bonfim. Além disso, guias esclareciam as dúvidas daqueles que acabavam de chegar. A maioria dos turistas está na capital baiana pela primeira vez e os principais destinos são praias e pontos turísticos da cidade. A equipe da Tribuna da Bahia conversou com alguns deles.

Alessandra Lima, 34 anos, turista de Bagé/RS: “Quero ir ao Mercado Modelo e no Farol da Barra. Gostei muito da receptividade. Pena que já tenha destino certo no Carnaval”.

Marcelo Augusto, 40 anos, natural do Rio de Janeiro: “Pretendo, nesse período que vou ficar aqui, de dois dias, visitar a Igreja de São Francisco e o Elevador Lacerda”.

Paula Aleixo, 31 e Eddy Campanhol, 37, turistas de Batatais, São Paulo: “Gostaríamos de ir à Praia do Flamengo, Mercado Modelo e no Elevador Lacerda. Pena que o tempo seja tão pouco”.

Marcos Moreira, 34 anos, natural de Guarapuava, Paraná: “A receptividade aqui é muito boa, assim como a cidade, que é muito bonita. Quero visitar as praias e as igrejas”.

Maria Nascimento, 34, e Luis Takani, 37, turistas de São Paulo: “É nossa primeira vez aqui e fomos bem recebidos. Vamos às igrejas, Praia da Barra, Pelourinho e Elevador Lacerda”.

Daniel Matos, 32, natural de Vitória, Espírito Santo: “A cidade possui muitas belezas naturais que pretendo ver. Mas, a minha maior expectativa é com relação ao Carnaval, que sempre vi pela televisão”.

TURISTAS
E todo esse contingente que chega à Salvador deve gastar bastante durante os festejos de momo. Segundo estimativas da Empresa Salvador Turismo (Saltur), os turistas deixarão algo em torno de R$ 64,8 milhões na cidade durante o Carnaval. Além disso, o trade turístico da capital baiana prevê que pelo menos 90% dos leitos serão ocupados entre a próxima sexta e a quarta-feira de Cinzas.

No aeroporto e na rodoviária, a previsão da Saltur é de que o volume de passageiros desembarcando na capital, por esses locais, seja cerca de 30% acima dos números comuns a períodos de alta estação. De acordo com o Secretário de Cultura e Turismo, Érico Mendonça, a cidade voltou a ter destaque no cenário turístico nacional. “Por conta da variedade de opções que a cidade voltou a oferecer nos últimos anos, Salvador voltou a atrair pessoas de diversas partes do mundo, mas principalmente brasileiros. Para o Carnaval esperamos um quantitativo ainda maior de turistas”, contou.

Fonte: Tribuna da Bahia