Concessionária reforça quadro de funcionários na BA-099 durante o Carnaval

Para agilizar a passagem e o atendimento dos usuários na praça do pedágio, na BA-099, durante o carnaval, a CLN reforçou todo seu quadro de funcionários na área operacional, principalmente a equipe de auxiliares de arrecadação (papa-filas).

Além disso, os veículos cadastrados no sistema de pistas automáticas Passe Expresso (PEX) e ConectCar, passam com mais rapidez e comodidade pela praça.

A previsão de fluxo de veículos para o feriado de Carnaval 2015, entre quinta (12) e quarta (18), é de aproximadamente 221.400 veículos, com média estimada de aproximadamente 30.000 veículos/dia.

No trecho de operações da Concessionária, compreendido entre o KM 7,5 (Ponte do Rio Joanes) e o KM 54 (Praia do Forte), a CLN conta com uma equipe treinada e equipada, realizando inspeções e atendendo o usuário 24h por dia em caso de emergência e/ou acidentes; O SOS mecânico tem por objetivo dar um apoio emergencial ao usuário com pane mecânica, rebocando seu veículo para o local seguro mais próximo e o SOS médico (com viatura de resgate e UTI móvel) está preparado para qualquer situação de resgate em casos de acidentes.

O usuário poderá solicitar apoio da CLN através do 0800 071 3233 e dos telefones de emergência (call box), situados a cada 2,0 km ao longo da Estrada do Coco (entre a Ponte do Rio Joanes e Praia do Forte).

A Concessionária ressalta que, historicamente, os picos de fluxo na rodovia são comuns em períodos de feriado prolongado, principalmente as véspera do período de feriado no final da tarde e à noite, entre às 10h e 14h (na saída da capital) no dia do início do feriado e 15 às 21 horas no retorno para Salvador.

A recomendação é de que o usuário tente programar a viagem em horários que não são considerados de pico. A CLN também disponibiliza o 0800 071 3233, através do qual o usuário pode obter informações, em tempo real, das condições da via e da Praça de Pedágio.
Para mais informações sobre a CLN e a Rodovia BA 099 (condições climáticas, situação do tráfego, etc.) acesse o site www.clnorte.com.br.

Fonte: Ascom / CLN