As músicas que embalaram o Carnaval; qual a sua preferida?

A mistura do arrocha e do pagode, com a ideologia da ostentação do hip hop e funk tomou conta da folia baiana. A música “Gordinho Gostoso”, do cantor Neto LX, composição de Dj Ivis, virou o hit do carnaval, cantada por todos os músicos em blocos, camarotes e pelas ruas da cidade.

Na pesquisa feita pelo Troféu Uol a canção aparece com 46% de chances de ganhar o troféu música do carnaval.

Na segunda posição vem “Xenhenhém” do cantor Márcio Victor, da banda Psirico, o arrocha de Pablo também não ficou pra trás com a música “Vingança do Amor”, e o pagode de Igor Kanário com o hit “Tudo nosso, nada deles”. Ivete Sangalo com a canção “Pra Frente”, levou o troféu Band Folia, na noite da segunda-feira, penúltimo dia de carnaval, enquanto desfilava no circuito Barra/Ondina. Mas apesar do troféu da Band, o Gordinho Gostoso é forte candidata ao título oficial. A música que exalta os gordinhos caiu no gosto popular, principalmente daqueles que estão acima do peso. “música que valoriza a gente, mostra que somos gordinhos, mas somos gostosos”, disse o folião Alberto Santana, que acompanha o desfile de Neto LX, no Campo Grande.

A música que já teve mais de um milhão de acessos nas redes sociais deixa o cantor confiante. “um amigo ouviu de um compositor e me disse que a letra era a minha cara. A música hoje é sucesso. Está na boca do povo”, disse Neto LX, intitulado o Gordinho mais gostoso do Brasil. Marcio Victor, do Psirico que ano passado emplacou o sucesso “Lepo Lepo”, e conquistou o título da música do carnaval, trouxe esse ano o Xenhenhém, de autoria do cantor Tatau. Igor Kanário também deixou a galera enlouquecida com o hit “Tudo nosso, nada deles”, quando arrastou o trio Pipoca do Kanário, na segunda de carnaval. Durante a passagem pelo circuito Osmar, o cantor parou o trio, falou com o prefeito e disse que essa era a grande aposta para o carnaval. “Essa vai ser a música do carnaval, porque é tudo nosso, nada deles”, disse, enquanto a multidão em coro cantava o hit. E se na boca do povo as músicas são de arrocha, pagode e axé, o funk tomou conta das coreografias. O hit Pararatibum, de MC Tati Zaqui, também foi uma das mais dançadas da folia.

Fonte: Tribuna da Bahia