Audiência pública debate 12 mortes no Cabula

A seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) realiza hoje, às 9h, uma audiência pública para debater a ação da Polícia Militar que terminou com a morte de 12 jovens na Vila Moisés, no bairro do Cabula, no início deste mês.

O limite para o uso da força pela polícia é o tema principal da audiência, que deve ter a participação de familiares dos jovens mortos. Participam do evento o assessor de Direitos Humanos da Anistia Internacional, Alexandre Ciconello, e o coordenador da campanha “Reaja ou será morto, reaja ou será morta”, Hamilton Borges.

Foram convidados representantes da Secretaria da Segurança Pública – que defende a ação – da Defensoria Pública estadual e da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social. O evento será no auditório da sede da OAB, nos Barris.

Fonte: Correio 24 Horas