“Afronta ao trabalhador assalariado”, declara Luiza Maia sobre aumento dos deputados

A deputada estadual Luiza Maia classificou o aumento dos salários dos deputados como “afronta ao trabalhador assalariado”. De acordo com ela, tanto o vencimento quanto as verbas de gabinete são suficientes para o trabalho parlamentar.

“Discordo radicalmente desse aumento. É uma afronta à sociedade, ao trabalhador assalariado, que está passando dificuldades, por causa do momento econômico que o país vive”, criticou Luiza Maia. Ainda de acordo com a parlamentar, houve aumento recente para os deputados. “Em fevereiro já recebemos um aumento de R$20 para R$25 mil. Além disso, ainda temos a verba de gabinete, o auxílio combustível e o veículo, tudo custeado pela Assembleia: é uma estrutura mais que satisfatória para qualquer deputado trabalhar”, apontou ela, destacando que o vencimento dos deputados é 32 vezes maior que o salário mínimo.

Ainda na opinião de Luiza Maia, o Poder Legislativo deveria ser solidário às famílias baianas, em especial aqueles cidadãos que perderam seus empregos em virtude da reforma administrativa do governo estadual. “A Assembleia Legislativa precisa ser coerente e solidária com a realidade que o país, o estado e a população estão vivendo”, concluiu a deputada.

Fonte: Ascom / LM