Homem é sequestrado e morto com requintes de crueldade em Camaçari

Wilton Santos Leal, conhecido como “Grande”, de 38 anos, foi sequestrado dentro da sua própria residência e assassinado com requintes de crueldade, neste domingo (15), em Camaçari. Segundo informações, a vítima estava em casa, localizada na Rua do Canal, bairro do Parque Satélite, com a esposa e filho, quando quatro homens invadiram o local. Os bandidos envenenaram o cachorro da família e abordaram Wilton ainda dentro da residência. O caso aconteceu por volta das 4h desta madrugada.Eles estavam portando uma faca, um facão, uma pistola e um revólver.

11063090_660199144106872_1083563253_n

Segundo a esposa, os bandidos chegaram perguntando pelo dinheiro, que ela não sabia do que se tratava.Não encontrando, eles levaram alguns objetos de valor, como relógios e cordão de ouro. Ainda dentro da residência, a vítima levou duas facadas dos bandidos. Tirado a força de casa e levado no próprio veículo, um Ford KA branco, Wilton só foi encontrado horas depois, morto às margens da via que contorna o Morro da Manteiga e que faz ligação entre a Bomba, Nova Vitória a Via Parafuso.

11054765_660198997440220_1991498024_o 961497_660199177440202_628816539_n

O crime foi praticado com tamanha barbaridade, que lhe foi arrancada a mão direita, cortada a mão esquerda e o pescoço, na tentativa de degolá-lo. No local onde estava o corpo, a polícia encontrou duas cápsulas de bala e um dos cabos da faca utilizada para efetuar o crime. O veículo da vítima foi achado todo sujo de sangue, na 3ª Travessa da Rua Maria Meire, Nova Vitória.

O caso está sendo investigado pela 18ª DT de Camaçari.

Redação Nossa Metrópole / Fotos: Everaldo Lins