Motoristas devem redobrar a atenção na BR-324 neste feriadão

A partir desta quinta-feira, cerca de 500 mil pessoas devem deixar Salvador para aproveitar o feriadão da Semana Santa nos municípios do interior da Bahia. A maior parte do fluxo de saída deve escoar pela BR-324, principal via de acesso às principais cidades do estado.

Quem optar por viajar pela rodovia deve redobrar a atenção. Na última semana, uma equipe de reportagem de A TARDE percorreu o trecho de 108 quilômetros entre Salvador e Feira de Santana e observou asfalto desnivelado, acostamento danificado e faixas interditadas por conta de obras.

Os problemas no acostamento foram verificados ao longo de quase todo o percurso. Em muitos pontos, a faixa, que deveria ser utilizada para fornecer suporte aos veículos em casos de emergência, sequer oferece condições para o carro estacionar por conta de inúmeros buracos.

As situações mais graves puderam ser observadas logo no início do trajeto, nas proximidades de Simões Filho. No local, toda a extensão da faixa está com o asfalto deteriorado.

Mais adiante, antes do viaduto de Santo Amaro, no quilômetro 585, além dos buracos, a vegetação chega a invadir a faixa à direita. A situação persiste até o quilômetro 560, após a entrada da cidade.

650x375_estradasobras-br324_1506723

Prejuízos
A falta de manutenção do acostamento tem preocupado os motoristas, sobretudo os caminhoneiros. “Quando preciso parar, procuro o lugar menos danificado. Mas, numa situação de urgência, não dá para escolher. Já até perdi um pneu ao sair do acostamento por conta de um buraco”, contou o caminhoneiro Vicente Santana, 48.

O desnível do asfalto em alguns trechos também é alvo de críticas por parte dos motoristas. No trecho entre o quilômetro 567 e o 561, pequenas lombadas se formaram na pista por conta de diversas camadas de asfalto sobrepostas.

“Eles cobrem os buracos da pista com uma nova camada de asfalto e acabam formando desníveis. Além de ser desconfortável para o motorista e os passageiros, estraga muito a suspensão do veículo”, disse o administrador Fábio Lopes, 38, que faz o percurso Salvador – Feira de Santana duas vezes por semana.

Obras
Em nota, a assessoria de comunicação da ViaBahia, concessionária que administra a BR-324, informou que, entre 30 de março e 5 de abril, dois trechos da BR-324 vão passar por intervenções para reparo do canteiro central, da pavimentação, dos elementos de proteção e segurança e das vias de acostamento.

Por conta disso, durante esse período, o trajeto entre o quilômetro 560 e o 626 (entre Salvador e proximidades do Acesso à Terra Nova – BA-515) e entre o quilômetro 518 e o 560 (entre o Acesso à BA-515/Terra Nova e o Portal do Sertão, em Feira de Santana) poderá ser interditado parcialmente.

Além dos problemas estruturais da via, o condutor deve estar atento, também, aos possíveis congestionamentos causados pela realização dessas obras durante os dias de feriado, sobretudo nos horários de pico.

Alerta
Entre a meia-noite de quinta-feira e a noite do dia 6, a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA) realiza a Operação Semana Santa 2015, para coibir o excesso de velocidade, ultrapassagens proibidas e a não utilização do capacete por motociclistas.

A iniciativa se propõe, ainda, a fiscalizar a carteira de habilitação, utilização de cinto de segurança, transporte clandestino de passageiros e condições de equipamentos de iluminação.

A intenção, de acordo com a inspetora da PRF-BA, Mércia Oliveira, é prevenir os acidentes de trânsito nas rodovias federais, principalmente nos trechos onde haverá intensa movimentação de veículos.

Segundo estatísticas da PRF, historicamente os estados de Minas Gerais, Bahia, e Paraná têm alto índice de mortos no feriado da Semana Santa. Em 2014, as três regionais somadas foram responsáveis por mais de 40% do número de mortos do País.

Recomendações

Veículo em dia – Cheque os faróis, pneus, motor, nível da água, freios e radiador antes de pegar a estrada
Cinto de segurança – Certifique-se de que os ocupantes do veículo estão com o cinto de segurança. A multa para o não uso do equipamento é de R$ 127,69 e 5 pontos na CNH
Chuva – Em caso de chuva, mantenha uma distância segura entre os veículos à frente durante a viagem
Descanso – Programe-se para parar a cada três horas. Dirigir por muito tempo, sem descanso, pode causar sonolência e perda de reflexos

Fonte: A Tarde