Camaçari:Dom Petrini participa de seminário sobre violência

O bispo da Diocese de Camaçari e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família, Dom João Carlos Petrini, participa do seminário Violência no Brasil Contemporâneo, evento que acontece de 15 a 17 de abril, na Cidade do Saber e no Teatro Alberto Martins.

0804150304571

Com o tema Religiosidade e Violência, Dom Petrini integra uma mesa redonda, no dia 16, às 9h30, que contará também com a participação do pastor Valdomiro, da Assembleia de Deus, Júlio Braga, representante de religiões afro-brasileiras, o professor da UCSal (Universidade Católica de Salvador), Marcelo Couto Dias, e o gestor municipal de Igualdade Racial, João Borges, como moderador.

O seminário visa debater a violência no Brasil, discutir questões locais, com o propósito de esclarecer, propor soluções e ideias de enfrentamento para o problema que afeta toda a sociedade brasileira.

Com uma participação em vídeo, Dom Petrini abordará o papel da família na formação de cidadão, com destaque para família, “instituição responsável por ensinar virtudes, valores, critérios e atitudes para uma convivência social mais civilizada”, explicou.

Segundo o bispo, para compreender a violência é necessário uma atenção maior com as manifestações iniciais, “quando os primeiros sinais podem ser identificados como sementes de atitudes de violência que podem crescer e manifestasse até chegar em atitudes destruidoras”.
Organizada pela Coordenadoria de Planejamento Governamental da Segov, com apoio da Secult (Secretaria da Cultura), o seminário conta com palestras e mesas redondas. Confira a programação.

DOM PETRINI
Dom João Carlos Petrini nasceu em 1945, na cidade de Fermo, na Itália. Com apoio da família, formou-se em Ciências Políticas na cidade de Perugia. Em 1970 foi enviado como missionário ao Brasil pelo Movimento Comunhão e Libertação e atuou na arquidiocese de São Paulo. Ainda na cidade, estudou Teologia e ordenou-se sacerdote em 1975. Cursou Mestrado e Doutorado em Ciências Sociais na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC –SP) .

Em 1989 mudou-se para Salvador, onde foi reitor do Seminário Propedêutico entre 1990 e 1998 e diretor do Instituto de Teologia da UCSal (Universidade Católica do Salvador) de 2005 a 2009. É diretor da Seção Brasileira do Pontifício Instituto João Paulo II para Estudos sobre Matrimônio e Família.

Dom Petrini é professor-pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea da Ucsal e coordenador do grupo de pesquisa Família em Mudança. É também autor de seis livros e tem diversos artigos publicados em revistas.

Foi nomeado em 2005, pelo Papa João Paulo II, bispo auxiliar de Salvador. Em fevereiro de 2011, tomou posse na Diocese de Camaçari. Atualmente é presidente da Comissão Episcopal Nacional Vida e Família da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Fonte: Ascom / PMC