Deputados se unem por negociação de dívidas rurais do Nordeste

A renegociação das dívidas rurais foi o tema do encontro da Bancada Parlamentar do Nordeste na Câmara dos Deputados com presidente do Banco do Nordeste (BNB), Marcos Holanda, o representante do Ministério da Integração Nacional (MIN), Rafael Resende Neto, e o representante da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), Luiz Beggiora, na manhã de quinta, dia 11, em Brasília.

O deputado Caetano (PT-BA) disse que a dívida rural transformou o pequeno produtor em grande devedor. “Na região de Irecê, por exemplo, quem contraiu um empréstimo para comprar um trator agora tem que pagar o equivalente a cinco tratores e é claro que assim não vai pagar nunca, porque eles sãos pequenos”, afirmou o parlamentar.

Caetano acredita que os 197 deputados da bancada do Nordeste unidos têm muita força para negociar, mas é preciso focar em formas de negociar essa dívida, construindo uma solução por meio do diálogo entre o Congresso Nacional, os governos federais, estaduais, as instituições financeiras e os produtores rurais.

“Nós temos que nos juntar para resolver o problema dessa dívida que é um entrave para o desenvolvimento de nossa região”, afirmou.

O coordenador da bancada do Nordeste, deputado Júlio César (PSD-PI), anunciou durante a reunião a formação de um grupo de trabalho (GT) para discutir um normativo único para a renegociação e regulamentação das dívidas rurais do Nordeste. “A ideia é revogar todos os normativos que existem hoje e passar a existir apenas um, que nós, antes de apresentarmos a esta Casa, vamos levar ao conhecimento dos ministros da área econômica, principalmente ao ministro Joaquim Levy”, explicou Júlio César.

Fonte: Ascom / LC