Gilmelândia quer proibir bandas não baianas de tocar no Carnaval de Salvador

Gilmelândia está preocupada com a forte crise que se abateu na música baiana e afirmou que, se tudo continuar assim, não haverá mais axé music e pagode no Carnaval de Salvador. A cantora quer que bandas que não toquem axé music ou pagode sejam proibidas de desfilar na folia baiana. Isso incluiria blocos sertanejos, de música eletrônica, de forró e de samba. Ela afirma que eles estão passando na frente dos artistas locais.

Foto: Divulgação SBT
Foto: Divulgação SBT

Ela argumenta que isso já acontece no carnaval de Pernambuco, onde é proibido tocar outro ritmo que não o frevo, inclusive o axé por lá era totalmente vetado. Citou também o carnaval do Amazonas. Gil quer sensibilizar os políticos a preservarem a cultura e turismo baiano. E já gerou a maior polêmica.

-Publicidade-
-Publicidade-

Fonte: Varela Notícias