TJ assegura Vara de Violência Doméstica para Camaçari

Camaçari vai ganhar uma Vara de Violência Doméstica, conforme decisão do presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Eserval Rocha. O comunicado oficial foi passado pela desembargadora Nágila Brito, à deputada Luiza Maia e à vereadora do município, Professora Patrícia, ambas do PT, em reunião nesta quarta-feira (26). Para elas, essa garantia do TJ é mais uma vitória para as mulheres camaçarienses.

luiza_maia_atendimento_vereadora_patricia_foto_marcelo_ferrao_26082015 (3) luiza_maia_reuniao_desembargadora_nagela_foto_marcelo_ferrao_26082015 (2)

-Publicidade-
-Publicidade-

“Este era um pleito antigo nosso. Patrícia e eu, há cinco anos, lutamos para a instalação dessa Vara que, com certeza, ajudará ainda mais na luta contra a violência à nós mulheres. Ficamos felizes por essa conquista, pois doutora Nagila, que também preside a Coordenadoria da Mulher no TJ, é uma parceira desde a batalha para a aprovação da Lei Antibaixaria”, destacou Luiza Maia.

A parlamentar recebeu a vereadora de Camaçari em seu gabinete e depois seguiram juntas para o Tribunal de Justiça. “Patrícia é a única vereadora, entre 18 homens. Ela não nos envergonha, devido a sua postura de enfrentamento às injustiça. Nossos mandatos são afinados na defesa dos direitos da mulher, sobretudo da nossa cidade”, destacou Luiza.

“É uma satisfação esse combate, junto com Luiza Maia, para assegurar as demandas das mulheres camaçarienses. A instalação dessa Vara de Violência Doméstica é prova disso”, disse a vereadora.

Fonte: Ascom / LM