Campanha contra a propaganda machista movimenta o Legislativo estadual

A campanha “Basta! Não Somos Mercadoria” ocupou o saguão da Assembleia Legislativa esta semana, numa intervenção que apresentou o Projeto de Lei da Propaganda Sem Machismo, de autoria da deputada Luiza Maia (PT), para os servidores e visitantes. A ação, que tem sido bem aceita, já coletou centenas de assinaturas para o abaixo-assinado em defesa da proposta.

luiza_maia_saguao_alba_propaganda_sem_machismo_foto_marcelo_ferrao_14102015 (108)

“Este é um projeto que também possui cunho pedagógico. Pretendemos chamar a atenção da população, pois nós mulheres, como diz o lema feminista, queremos respeito: não somos só colcha, bunda e peito. Fazemos esse debate para ganhar a sociedade, as instituições, pois o mercado publicitário precisa nos respeitar. Não somos mercadoria, não somos produto descartável”, disse a parlamentar.

luiza_maia_saguao_alba_propaganda_sem_machismo_foto_marcelo_ferrao_14102015 (84)

Além de deputados e vereadores, inclusive de partidos de oposição, personalidades da área cultural, como o humorista Pisit Mota e a promoter Lícia Fábio assinaram o documento em apoio ao PL que proíbe o uso de imagens que explorem o corpo da mulher, como atrativo, na publicidade baiana. Advogados, publicitários, jornalistas, policiais militares e servidores do Legislativo também aderiram à causa.

Fonte: Ascom / LM

Fotos: Marcelo Ferrão / Divulgação