Contenção de despesas: Limpec diminui custos em mais de R$ 500 mil

Como parte das medidas adotadas pela nova diretoria da Limpec para diminuir os custos da empresa e lidar com mais transparência e responsabilidade com as finanças, desde o mês de agosto deste ano foi intensificado o trabalho de fiscalização e acompanhamento de todos os contratos através da medicação precisa dos serviços prestados e apresentados nas notas de pagamento. Tal comportamento resultou numa diminuição dos custos, apenas nos meses de agosto de setembro, superior a R$ 550 mil.

limpec

-Publicidade-
-Publicidade-

Para o diretor-presidente Luiz Macedo, essa postura mostra a forma como o dinheiro público precisa ser tratado com rigor. “Somente em um contrato, no mês de agosto, conseguimos uma redução de R$ 200 mil no valor pago. Saindo de uma nota apresentada de quase R$ 530 mil para R$328 mil após a medicação do serviço. Isso sem diminuir em nada o serviço prestado pelo contratado”, explica.

Uma das áreas onde mais foi intensificada a medição dos contratos foi a operacional, dirigida pelo diretor-técnico, André Anjos. “Conseguimos manter o serviço e, em alguns casos, melhorar. Isso mostra que a Limpec é uma empresa viável e que podemos fazer muito mais gastando menos desde que haja controle e fiscalização. Não estamos fazendo nenhum milagre. Apenas estamos adotando metodologias de medição com base nas cláusulas de cada contrato”, afirma.

A política de fiscalização e medicação de todos os contratos faz parte das medidas adotadas pela diretoria de empresa que tem o objetivo de reduzir até dezembro cerca de R$ 1,2 milhão nos custos da empresa. “Vamos ultrapassar esse valor em economia. E além de economizar estamos empenhados no resgate de crédito perdido junto a clientes nossos e buscando novos contratos para aumentar o faturamento da empresa também. Em 80 dias de gestão já conseguimos mais de 30 novos contratos. Isso é uma prova da viabilidade dessa empresa”, destaca Ajax Tavares, diretor-comercial.

Fonte: Ascom / Limpec