Atividades do Novembro Negro em Camaçari seguem até dia 29

A construção de políticas públicas de combate às desigualdades é uma responsabilidade conjunta entre o governo e os movimentos sociais. Foi o que defendeu o prefeito Ademar Delgado, durante abertura oficial das atividades do Novembro Negro, na tarde desta terça-feira (03/11), no Teatro Alberto Martins.

03111507332985629 segov_secin_abertura_novembro_negro_foto_agnaldo_silva_03112015 (7)

-Publicidade-
-Publicidade-

netinho Sem Título-1

O gestor de Camaçari ressaltou os avanços conquistados nos últimos anos no país, como mais espaços de debates e maior inserção de negros nas universidades. “É preciso uma ação conjunta para alcançar ainda mais avanços. Temos que erguer a bandeira em defesa do projeto de mudanças e inclusão social e lutar contra o preconceito”, afirmou o prefeito Ademar Delgado.

Para o secretário da Cidadania e Inclusão, Fábio Pereira, a construção da política de promoção da igualdade racial deve ser feita com a transversalidade. “Contamos com a parceria de todas as secretarias municipais para a construção desse debate, principalmente através do PCRI (Programa de Combate ao Racismo Institucional). O Novembro Negro é fruto da luta histórica dos movimentos sociais e tem total apoio do governo”, pontuou.

O coordenador de Promoção da Igualdade Racial, João Borges, destacou que esse é um processo político de inclusão e é um momento não apenas de comemorar, mas sobretudo de promover uma reflexão. O evento foi aberto com a apresentação cultural da Cia. de Dança Camaçariense, Alaketu. Durante a manhã, antes da abertura oficial, foram inauguradas as alas Nelson Mandela e Zumbi dos Palmares, no CAIC (Centro de Atenção Integral à Criança), e realizadas palestras sobre a luta dos dois líderes negros.

NOVEMBRO NEGRO

As atividades do Novembro Negro seguem até o dia 29 de novembro com uma programação diversificada, que inclui colóquio, oficinas, jogos de danças africanas, apresentações de espetáculos teatrais, mostras, rodas de diálogos, debates, exibição de filmes, shows, concursos de beleza, seminários, palestras, simpósio, batizado de capoeira, concerto, sessão especial, parada cultural e atividades de promoção à saúde. A programação completa está disponível no banner, no Portal da Prefeitura.

As ações são realizadas pela Prefeitura, através da Secin (Secretaria da Cidadania e Inclusão), por meio da COOPIR, e contam com o apoio dos governos federal e estadual, da Assembleia Legislativa, Câmara Municipal e de diversos grupos do Movimento Negro de Camaçari.

PRESENÇAS

Participaram do evento os secretários de Educação, Márcio Neves, de Governo, Jailce Andrade, da Mulher, Miriam Bitencourt, do Desenvolvimento Econômico, Djalma Machado, da Cultura, Vital Vasconcelos, e da Administração, Lezineide Andrade, além do superintendente do Trânsito e Transportes, José Humberto Leite, e do diretor-superintendente do ISSM (Instituto de Seguridade do Servidor Municipal), Renato Reis Brito.

Também estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Camaçari, vereador José Marcelino Filho (PT), os vereadores Elias Natan (PT) e Jackson Josué (SDD), o representante da UNEGRO (União de Negros pela Igualdade) de Camaçari, Everaldo Vieira, o comandante da Base Comunitária de Segurança de Camaçari, capitão Albert Nogueira, a representante do movimento negro de Camaçari, Margarida Alves, o representante da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado, Ailton Ferreira, além dos representantes de religiões de matriz africana, Mãe Lia e Pai Cosme.

Fonte: Ascom / PMC