Caminhoneiros fazem protesto que pode parar rodovias no país

Caminhoneiros começaram na madrugada desta segunda-feira (9) uma paralisação que pode atrapalhar o trânsito nas rodovias do país. De acordo com o jornal O Globo, organizadores estimam que aconteçam manifestações em pelo menos 20 estados. O movimento é organizado pelo Comando Nacional do Transporte (CNT), que surgiu nas redes sociais e não tem apoio dos sindicatos da categoria. O grupo é liderado por Ivan Schmidt, da cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, e tem como maior reivindicação é a renúncia da presidente Dilma Rousseff. “A paralisação será por tempo indeterminado, até que haja a renúncia da presidente Dilma. Temos adesões em vários lugares do país, e será uma paralisação grande. A população e o governo vão se surpreender”, afirmou em entrevista ao O Globo.

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.lvNYcUrEyB

-Publicidade-
-Publicidade-

Outras organizações como a União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam) e a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) já se posicionaram contra a paralisação. O Palácio do Planalto monitorou a organização do protesto através da internet e avalia que ele pode causar apenas transtornos isolados nas rodovias.

Fonte: Bahia Notícias