Liminar suspende rejeição pelo TCM das contas de Caetano e deputado anuncia pré-candidatura

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), conforme decisão publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (04/12), suspendeu a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) que rejeitou as contas de 2012 do ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, atual deputado federal. O órgão máximo do judiciário baiano determinou ainda que o conselheiro Paolo Marconi, relator do processo no TCM, se abstenha de praticar qualquer medida no julgamento das contas em questão.

decisãoTJBA

-Publicidade-
-Publicidade-

O congressista, em tom de comemoração, anunciou a vitória política em entrevista à Rádio Sucesso FM. Ele também aproveitou a oportunidade para mandar um recado aos adversários. “Preparem-se para me enfrentar, pois estou anunciando aqui pela primeira vez que sou pré-candidato à Prefeitura de Camaçari”, pontuou.

Caetano afirmou que toda a documentação que, de acordo com o relator das contas não constava no processo, estavam em posse do relator das contas, Conselheiro Paolo Marconi. “Montei um equipe técnica para trabalhar, quero, inclusive, agradecer a todos que participaram desse esforço, mas, acima de tudo, agradeço especialmente a Deus e ao povo de Camaçari, que me conhece e sabe do meu compromisso”, ponderou.

“Vou buscar a vitória junto com o povo da minha cidade. Se tentarem de novo no tapetão, vou ganhar todas, pois fiz um grande trabalho, sempre preocupado com os aspectos legais dos meus atos e governei com o coração”, finalizou.

Fonte: Ascom / Luiz Caetano