Baiana de 14 anos é estuprada após marcar encontro pelo Facebook

Uma garota de 14 anos foi estuprada após marcar um encontro pelo Facebook com um jovem de 19 anos, na cidade de Itamaraju, região sul da Bahia. Segundo a delegada Rosângela Santos, após o crime, o rapaz se apresentou de forma espontânea à polícia, confessou o crime, mas ainda não foi preso.

protesto_18fz6cQ

-Publicidade-
-Publicidade-

Conforme a Polícia Civil, o inquérito já foi concluído e remetido à Justiça, que deverá determinar a prisão do suspeito. O rapaz deve ser denunciado pelo Ministério Público (MP-BA) nos próximos dias e responderá pelo crime de estupro, informou a delegada.

Familiares da adolescente contam que a jovem conheceu o rapaz e trocou mensagens com ele por cerca dois meses antes de marcarem o primeiro encontro. Nesta terça-feira (8), esses familiares e amigos foram as ruas da cidade para pedir Justiça.

Conforme a polícia, o estupro ocorreu no dia 20 de novembro. A adolescente saiu de casa, pegou um ônibus e se encontrou com o rapaz em um um local marcado. O jovem já a aguardava em uma moto e, em seguida, foram para a casa dele. A adolescente sofreu várias hemorragias, chegou a ser internada duas vezes e passou por duas cirurgias.

Ainda conforme a delegada Rosângela Santos, após o estupro, o rapaz contou que ficou com medo ao perceber que a adolescente estava com hemorragia e chamou uma tia dele para ajudar a socorrer a garota, que foi levada às pressas para o Hospital Regional de Itamaraju.

Rosângela disse que o rapaz se apresentou com o advogado no dia 27 de novembro, uma semana após o estupro. Além dele e da jovem estuprada, a delegada ouviu a mãe da garota e duas tias do suspeito, entre elas a que ajudou a socorrer a vítima após o crime.

“O jovem prestou depoimento e foi liberado. Não ficou preso justamente pelo fato de ter se apresentado de forma espontânea. Mas já fechei o inquérito e remeti à Justiça. O MP deve denunciá-lo nos próximos dias”, disse.

Fonte: Varela Notícias