Vereador Elinaldo é preso sob acusação de lavagem de dinheiro

O vereador Antonio Elinaldo (DEM), detido na manhã desta quinta-feira (10), na Câmara Municipal de Camaçari, foi preso sob alegação dos crimes de jogo de azar, sonegação fiscal e crime de organização criminosa e lavagem de dinheiro, segundo o documento emitido pelo Núcleo de Combate à Lavagem de Dinheiro do Draco (Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado) da Polícia Civil da Bahia.

Clique na foto para ampliar
Clique na foto para ampliar

O documento informa que a organização foi identificada como “O Pinta”, atuante há 28 anos na Bahia, que realiza e se enriquece com o comércio ilegal do jogo do bicho, atuando em Camaçari, mais precisamente nos boxes 294, 295 e 296 do Centro Comercial, localizado no Centro da cidade.

-Publicidade-
-Publicidade-

Segundo o documento, cinco pessoas fazem parte da organização, mas somente quatro tiveram a prisão preventiva decretada. O enriquecimento ilícito da organização criminosa é estimado em R$ 5 milhões. A justiça também determinou o bloqueio dos valores nas contas correntes dos denunciados.

Fernanda Melo / Redação Nossa Metrópole