‘Habeas Corpus não atesta inocência’, diz Luiza Maia sobre Elinaldo

“Ele é o Demóstenes Torres de Camaçari”. A deputada Luiza Maia (PT) comentou nesta segunda-feira (14) a prisão do vereador Elinaldo (DEM), na Operação Caronte, apontado pelo Ministério Público e a Polícia Civil como líder de uma facção criminosa com atuação em Camaçari e Região Metropolitana. A parlamentar destacou ainda que o habeas corpus que o soltou não é “atestado de inocência”. O Ministério Público já recorreu desta decisão de soltura.

“Elinaldo posava de ‘paladino da moralidade’ em Camaçari, mas a Justiça veio comprovar quem ele realmente é. As máscaras caíram! O vereador do DEM foi preso na última quinta-feira (10), apontado como líder da organização criminosa ‘O Pinta’, responsável por esquemas de lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito através de jogos de azar”, disparou Luiza Maia.

-Publicidade-
-Publicidade-

A deputada disse ainda que há provas irrefutáveis contra Elinaldo, fruto de mais de um ano de investigação policial, com escutas telefônicas e quebra de sigilo bancário. “Ainda há dois foragidos e o sogro do vereador continua preso. Isto prova a gravidade deste crime”, reforçou.

Fonte: Ascom / Deputada Luiza Maia