Secretaria da Saúde de Camaçari diz que greve dos médicos das UPAs é arriscada

A Sesau (Secretaria da Saúde) do Município considera precipitada e arriscada a greve dos médicos das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Nova Aliança, Arembepe, Monte Gordo e Vila de Abrantes. Afirma que, apesar de todas as dificuldades resultantes da crise financeira internacional, que tanto tem afetado Camaçari, a Prefeitura tem honrado todos os compromissos trabalhistas com o conjunto dos funcionários.

Sesau_upa_nova_alianca_foto_agnaldo_silva

-Publicidade-
-Publicidade-

Além do mais, o argumento usado pelos grevistas, de que paralisaram as atividades por causa das condições de trabalho, não procede. O tema estava em discussão entre os médicos e a secretaria. A brusca interrupção do processo negocial causou grande surpresa.

As UPAs são unidades que prestam atendimento de urgência e emergência, portanto a paralisação representa grande risco para a sociedade, principalmente agora, com as festas de fim de ano. A Prefeitura continua aberta à retomada das conversações, para evitar transtornos a comunidade. A greve foi deflagrada sem obedecer os trâmites legais.

Fonte: Ascom / PMC