Verão sem Aedes Aegypti inicia no próximo final de semana

Com a chegada do verão, aumenta o número de visitantes e banhistas nas praias do Município. Para conscientizar o público e os moradores do Município, a Prefeitura inicia, no próximo final de semana, o Verão sem Aedes Aegypti, projeto com diversas ações educativas em localidades da orla de Camaçari.

Promovida pela Sesau (Secretaria da Saúde), através do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), a iniciativa visa conscientizar o descarte de resíduos nas praias, além de eliminar possíveis focos dos Aedes Aegypti e Aedes Albopictus, mosquitos transmissores de doenças como dengue, zika vírus e febre chikungunya.

-Publicidade-
-Publicidade-

As ações iniciam nos próximos dias 16 e 17 em Arembepe e acontecem das 8h às 14h. Nos dias 30 e 31 de janeiro o projeto Verão sem Aedes Aegypti contempla a localidade de Jauá. Arembepe volta a ser beneficiada com a iniciativa nos dias 13 e 14 de fevereiro.

Nos dias 27 e 28 de fevereiro o projeto atuará na praia do Emissário, em Arembepe. Em março, as ações atenderão as localidades de Barra do Jacuípe, nos dias 12 e 13, e nos dias 26 e 27, em Jauá. As datas estão sujeitas a alteração.

O verão é considerado a época do ano com maior incidência da doença e algumas medidas simples colaboram para eliminar os possíveis criadouros dos mosquitos Aedes Aegypti e Aedes Albopictus, como colocar areia em pratos de vasos de plantas, tampar caixas de água, não deixar garrafas vazias viradas de boca para cima ou outros recipientes que possam acumular água ou descartá-los de forma adequada, assim como cobrir ou furar pneus usados.

Durante o projeto, a população irá receber kits com saco para lixo, panfletos informativos sobre a doença e o mosquito transmissor da dengue, Aedes Aegypti e lixeirinhas para carros (saco câmbio). Os trabalhos serão desenvolvidos por agentes de endemias, equipe de Educação e Saúde do CCZ, além de estudantes universitários contemplados pelo programa municipal Bolsa para Educação.

Fonte: Ascom / PMC