Fábrica cria roupa para bebês com repelente

Diante do surto de dengue, zika e chikungunya, uma indústria de Londrina, no Paraná, decidiu produzir roupas com repelente para bebês. Para isso, eles investiram em nanotecnologia, inserindo microcápsulas de citronela nas peças. O produto é um repelente natural do Aedes Aegypti, mosquito transmissor dessas doenças.

650x375_gbaby-roupa-de-bebe_1603074

A ideia faz sucesso e a procura extrapola a capacidade de produção da GBaby, que consegue fazer 20 mil unidades por mês. Atualmente, há pais na lista de espera.

O efeite repelente das roupas tem eficácia de 30 a 50 lavagens, de acordo com a empresa. Essa proteção encarece o produto. Um kit de luvas, gorro e sapatinho deles sai por R$ 43,10, enquanto o mesmo produto sem a citronela sai por R$ 34,30.

A GBaby possui 2.500 pontos de vendas em todos os Estados do Brasil. A indústria agora planeja produzir roupas para gestantes com o mesmo material.

Fonte: A Tarde