Escola Pública de Trânsito vai ofertar cursos de reciclagem para taxistas e mototaxistas

Além de oferecer o serviço de primeira CNH (Carteira Nacional de Habilitação) gratuito para os moradores do Município, a partir de fevereiro, a EPTRAN (Escola Pública de Trânsito) de Camaçari vai garantir, com apoio da Prefeitura, cursos de reciclagem para mototaxistas e, em março, contempla os taxistas.

Segov_entrega_carteira__habilitação_foto_Adenilson_Nunes_270116 (1) Segov_entrega_carteira__habilitação_foto_Adenilson_Nunes_270116 (2) Segov_entrega_carteira__habilitação_foto_Adenilson_Nunes_270116 (4) Segov_entrega_carteira__habilitação_foto_Adenilson_Nunes_270116 (5)

Comfiaço,evento

A data foi informada ao prefeito Ademar Delgado na noite de ontem (27/01), durante a entrega do documento de habilitação para 20 moradores de Camaçari que participaram da primeira turma da EPTRAN. “Quero parabenizar não só a vocês que conseguiram tirar a CNH, mas também a todos os outros condutores que serão beneficiados com as atividades da Escola de Trânsito”, disse o gestor ao ressaltar que a parceria com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) tem tudo para continuar dando certo e contribuir para um trânsito mais seguro na cidade.

De acordo com o diretor-geral do Detran, Mauricio Bacelar, a parceria com a Prefeitura foi essencial para a instalação da EPTRAN em Camaçari e para a ampliação dos tipos de atividades ofertadas, especialmente as relacionadas a educação para o trânsito.

O estudante e morador do bairro Gleba A, Adenilton Ferreira, de 18 anos, era só alegria ao receber a CNH das mãos do prefeito Ademar Delgado. Ele contou que estava realizando o sonho de infância e que, de porte do documento, recebeu o aval do pai para utilizar o carro da família enquanto não tem condições financeiras de comprar o próprio veículo.

A emoção de ter a CNH foi compartilhada pelo agenciador de turismo e viagens, Francis Borges, de 27 anos. Morador do bairro Piaçaveira, ele contou que agradeceu muito por ter sido contemplado, uma vez que não teria condições financeiras para arcar com todos os custos da primeira habilitação.

Atualmente existem outras duas turmas em andamento. A formação inclui aulas teóricas e práticas que são cursadas no prazo médio de 45 a 60 dias. A EPTRAN foi instalada no Município em outubro de 2015 e matriculou 350 pessoas, que foram dividas em 10 turmas.

Fonte: Ascom / PMC

Com-limpeza