Estado nomeia novos diretores de escola

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação do Estado, nomeou os novos diretores e vice-diretores das escolas estaduais, em publicação no Diário Oficial deste sábado (30). Os novos dirigentes foram eleitos em 2015, em um processo que teve 55% dos votos dos estudantes, pais e responsáveis, fortalecendo o processo democrático nas escolas e aumentando a participação das famílias na escolha da gestão escolar. Os novos dirigentes irão tomar posse antes do início do ano letivo, que começa no dia 15 de fevereiro.

Eleição para Diretor no Colegio Duque de Caxias (5) Eleição para Diretor no Colegio Duque de Caxias (14)

-Publicidade-
-Publicidade-

Como forma de contribuir com a gestão das escolas, a Secretaria da Educação do Estado irá promover capacitação dos novos diretores e vices, além de acompanhar e monitorar a execução dos planos de gestão que foram apresentados pelos dirigentes como metas na campanha para as eleições. As metas estão relacionadas aos indicadores educacionais que os diretores e vices pretendem alcançar nos dois anos de gestão e dizem respeito, por exemplo, à aprovação, avanços do aluno na escola e melhorias na própria unidade escolar.

Reeleito diretor pela comunidade escolar, do Colégio Estadual Ruben Dário, em Salvador, Lázaro Pimenta afirma que “esse estreitamento com a Secretaria vem para somar, pois, contribuirá para que todas as nossas atividades tenham resultados mais positivos”. Já Manoel Barbosa de Jesus, reeleito no Colégio Estadual Hermes Miranda do Val, no município de Simões Filho, considera de grande importância a parceria com a Secretaria. “Não temos dúvida de que quem ganha mais com isso são os estudantes, o que também garante que nossas tomadas de decisões sejam mais ainda favoráveis à melhoria do ensino e da aprendizagem dos estudantes”, destaca.

Capacitação – O superintendente de Gestão da Informação Educacional da Secretaria da Educação do Estado, José Sérgio Carvalho, destacou que as capacitações serão realizadas nos Núcleos Regionais de Educação durante todo o ano letivo. “A Secretaria estará sempre próxima do gestor, para contribuir com o seu desempenho em cada escola para que possamos avançar na educação dos nossos alunos. Nós temos feito um trabalho no sentido de buscar dar as condições necessárias para que o gestor tenha uma gestão de qualidade na sua trajetória”, afirma.

O superintendente acrescenta que, com o processo eleitoral, houve um aumento da participação da família e dos alunos, o que muito positivo. “Nós temos estruturas nas escolas como o colegiado escolar e líderes de classe, que reforçam a participação da comunidade na escola. A nossa expectativa é fomentar, cada vez mais, esta participação que vai ser um elemento motivador e norteador da melhoria da gestão escolar”, conclui José Sérgio Carvalho.

Fonte: Ascom/Educação