Prefeitura de Camaçari vai simplificar abertura de empresas

Em abril, a Prefeitura inicia os testes da plataforma GEDSEFAZ (Gerenciamento Eletrônico de Documento e Automação de Processos), serviços e software que vão desburocratizar as atividades de abertura e alteração de empresas no Município.

Através da informatização, do mapeamento e virtualização dos processos de negócios, a plataforma vai integrar os sistemas de protocolo e tributário ao Regin (Portal do Registro Mercantil), e também os relacionados às secretarias da Saúde, do Desenvolvimento Econômico e do Desenvolvimento Urbano.

A implantação da nova ferramenta é fruto do empenho do prefeito Ademar Delgado e atende a uma solicitação de entidades de classe como o CRC (Conselho Regional de Contabilidade), ACEC (Associação Comercial e Empresarial de Camaçari) e CDL (Câmara de Dirigentes e Lojistas) de Camaçari.

Com o pleno funcionamento do sistema, que deve entrar em operação oficialmente até maio, 90% do processo para abertura e alteração de empresas será feito virtualmente. A meta é que todo trâmite seja concluído no prazo de 5 a 15 dias.

Também com ajuda do mecanismo, serão digitalizados 2,5 milhões de cópias de processos, o que possibilita eliminar os processos físicos, possíveis extravios e reduzir custos relacionados com papel, impressão, dentre outros. Além disso, através de um recurso da nova plataforma – OCR (Reconhecimento Ótico de Caracteres), será possível localizar os processo por meio de qualquer palavra contida no documento.

Com a redução dos processos físicos da Sefaz (Secretaria da Fazenda), evita-se a digitação de formulários físicos, retrabalhos e gastos com materiais. Além disso, vai permitir maior celeridade e controle de tramitação dos processos, com alertas e relatórios em tempo real, funções que possibilitam uma gestão eficaz e eficiente de todos os processos de negócio da Sefaz.

Fonte – Ascom